Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2009

aham! a continuação...

Obrigada =) (you saved my ass) É só porque gosto de ter feedback xD


Estava eu a dizer que o tópico do meu discurso de hoje era "Os Filmes".

E respondendo à pergunta ansiosíssima da minha cara leitora, este tópico deve-se ao facto de ter ido dormir a casa de uma amiga.
Éramos seis, enfiadas nos belos dos sacos de cama, pipocas à frente, toblerones (aqueles chocolates que não prestam para nada... - estou a babar-me neste preciso momento. Há que apreciar uma boa ironia.), quando decidimos ir ver um filme de terror..., vá, suspense. (era fraquinho).
Para perceberem melhor a história, vou transmitir-vos a imagem da minha pessoa a ver filmes de terror (ou melhor, a não ver): Sentada (convém -.-), almofada no colo, à frente da cara, com dois olhos marotos a espreitarem pelas suas frestas (se é que isto se pode dizer) e a perguntar incessantemente se "já matou", "já há sangue", "ja espetou a agulha", etc. "Medricas", pensam vocês, mas um facto &qu…

O discurso da Batata #1 - Filmes...--'

Ah pois!

Existem alturas na vida de uma batata em que é necessário discursar. Digo discursar como, dizer coisas extremamente eloquentes e com com uma coerência invejável, enquanto meninas de óculos grandes escrevinham furiosamente as nossas palavras num bloco de notas enquanto apertam com exagerada força, a língua contra os dentes, exactamente na linha que a divide ao meio, ficando, portanto, metade de fora. Olham para nós, depois, com lisonjeadora admiração e daí a uns dias, vestem-se como nós, têm posters nossos no quarto e põem como toque de telemóvel o nosso espirro. Isto, claro, sou eu a vaguear... É claro que um pseudo Pastel de Nata abatatado (vejam a minha falta de visão clara da minha pessoa) nunca seria um "role model" para ninguém.
Mesmo assim, e aproveitando-me do poder de editor (muahahah), decidi discursar.
O tópico de hoje serão Os Filmes.
E isto porquê?

(perguntam vocês...)

P.S: Só para ver o vosso grau de curiosidade, terão de me perguntar "Porquê???" para c…

C'a neura!

Baaaa!

És tão irritante, mas tão irritante que me pões os nervos em franja!!! "Não estou a gostar de ti, hoje" «--- Isto? Isto digo eu! Não gostei NADA de ti, hoje! Sim, mordi-te. Mordi-te duas vezes nesse teu braço, e apesar da vermelhidão não me arrependo. Mereceste-o.
Babei-te. Babei-te mas estavas a pedi-las daquela forma irritante e saturante.
Bati-te. Bati-te, mas tu simplesmente não conseguias parar de dizer que "Não estavas a falar comigo", quando eu entrava na conversa de circustância, supostamente para o ar. E ODIEI-TE quando não percebeste a minha satisfação e regozijo ao ter recebido um 19 a Matemática!!! Um 19!!! (no dia a seguir ao concerto!!!)
A tua reacção ao meu espalhafato: "Perguntei-te alguma coisa?"
Baaaaaaaaaaaa
Eu devia era morrer hoje durante o sono. Assim, amanhã irias sentir remorsos de teres dito que eu te faria um favor se morresse.

Hoje não és mais o meu melhor amigo.




Amanhã fazemos as pazes. --'
Não resisto a essas covinhas ^^

LINDO LINDO LIIIIIIIIINDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Imagem
Perfeito, Alucinante, Maravilhoso...

OH MEU DEUS! (Ataque de histeria!)

Ontem foi simplesmente um dos melhores dias da minha vida.
Jason Mraz no Campo Pequeno foi algo do outro mundo! =D


16:45

Saí do teste de Biologia e fui directamente para a Estação.

17:41
Após perdermos 4 combóios por ignorância pura (afinal Entrecampos Poente não é a mesma coisa que Entrecampos -.-), entrámos no combóio e embarcamos até AO concerto.
19:30
As portas abriram e nós fomos das primeiras a entrar (ahah, plateia bem lá à frente :D).
Acotovelámos e demos umas valentes "cuzadas" (peço desculpa pela expressão) a quem se queria aproveitar do nosso precioso lugar, porque, a mim ninguém me roubaria o Jasonzinho^^

20:30
Começa a actuar a primeira banda, bastante jeitosa, por acaso, mas infelizmente não me lembro do nome :$ (ups!). Sei que era inglesa, chega? =p
(só sei que vi o Jason a assistir e estava taaaaão sexy com aquela meiazinha que ele às vezes usa na cabeça... ai mãe!)

21:30
Actua a segunda banda.
Era uma …

Tchanan!

Ah Ah!

Adivinhem o que é que veio hoje para minha casa alegrando-me o espírito? Ah pois! O vestidinho =D (Oh felicidadji! Agora calhava aqui bem o grande Hélder, o Rei do Kuduro)
Fica-me bem bem! (e eu devo imenso à modéstia, eu sei... não liguem, é só o ego a falar). Fiquei imensamente feliz, embora esteja a precisar de uns ajustes, porque, infelizmente só havia MEESMO o M --' -» "Batata, porque és pequena??" ("Para assar melhor...", tenho mesmo que melhorar este sentido de humor -.-) Vim só partilhar =) Caminha que amanhã há Teste Intermédio de Físico-Química e só dipões de 15 min para ler a "Lua Nova", sim, porque a minha mãe está armada em tirana e vem-me raptar o livro!!! -.- Batatinhas!!!

Paixões, Pancas & Afins

Olá, Olá!!

Hoje estou bem disposta. Está bom tempo e aproveitei-o daquela maneira fantástica que é estudar Físico-Química -.-... ok, de manhã fui laurear a pevide para o Centro Comercial, o que até não foi mau de todo, visto a minha aversão a Centros Comerciais.
'Tá, eu explico.

Na sexta-feira, qual seres rebeldes revoltados, as senhoras "axiliares da educação" AKA "continas" (que grosseiro, uf --') fizeram greve e a minha escola, a modos que fechou.
Nice! Não tive aulas.
Agarrei em mais três amigas doidas até mais não (ou melhor, elas agarraram em mim) e fomos passear para a Baixa Lisboeta. Apanhámos o belo do Quim(bóio) e umas quantas estações depois, saudámos o Rossio.
Sorrisões nas caras, (afinal, estavamos, as quatro, em Lisboa!!!) e Lx, "Get Ready, Here We go!".
Passámos algum tempo na Rua Augusta (como não podia deixar de ser), carinhosamente apelidada de "Augustinha", indo visitar as lojinhas fofixes (onde eu vi um vestido Lindão) até q…

19 de Março, Campo Pequeno

Imaginem-me:

19 de Março, às 20h30m dentro o Campo Pequeno.
Esmagada entre a multidão, o corpo a fervilhar de excitação, o histerismo a ser posto à prova (E se fizer figuras? Ah! Acho melhor não me preocupar com isso. Vou fazer de certeza :D) e a olhar para o relógio espectante.

O meu corpo pequenino, qual livro de bolso, fura a multidão, chegando bem lá à frente. O máximo até onde puder ir; o máximo até onde os gorilas me deixarem ir.
A minha cara criançola vai estar maravilhada, o coração a bater a mil à hora, rir-me-ei pateticamente e tremerei de excitação e de ansiedade.
O Campo vai ser Pequeno para o meu ego.

Sou tão fácil de contentar :D

No dia seguinte voltarei à escola, ensonada, com a consciência de que tenho teste de matemática à minha espera, mas com o coração bem cheiiiiinho, tal e qual uma bola de berlim recheada.

Ah!! E direi quantas vezes puder nesse dia: "Pai, és o maior!", após lhe dar 1M de beijinhos e a prendinha.

Não sei se será antes ou depois do concerto. O que …

Ó Fofaaa! Anda cá!

Porque amar Pastéis de Nata em segredo e silenciosamente não me bastava, escolhi-o para meu "nickname" e inclusivé fiz um mail. Gosto. É diferente. É original.
Não esperava é que tomasse repercurssões da maneira que tomou. Sou referenciada como "A Pastel de Nata", não na net, mas na "vida real". Por exemplo, ontem chamaram-me: "Ó Pastel de Nata!" e eu, pensei para comigo (expressão estúpida, pensar é sempre para connosco... -.-), "Deve ser para mim" e olhei. E era, de facto. É engraçado, não nego. (Gosto bastante, até xD)

Mas isto tudo só para dizer: Então e se eu amasse verdadeiramente "Fofos de Belas"??

É caso para pensar...

P.S: Jesuítas também havia de ser giro...

Ups!

Gente ocupada como eu tem trabalhos de grupo.
E não são poucos...

Tenho um trabalho de grupo de Filosofia, sendo que tínhamos que entregar à 'stora s grupos na Quinta-Feira. Eu tinha um grupo. A minha colega (A) e eu. Mas os grupos são de 4. Duas colegas (B e C), vêm ter comigo a pedir para ficarem no nosso grupo, e eu, de boa vontade, disse que sim. O problema acontece quando dois colegas nossos (D e F),vêm ter com a A a pedir-lhe para ficarem no nosso grupo. O que é que ela faz? Diz que sim.
Confronto de Ideias:
...

...

(e agora?)


Gerou-se um "pós bomba nuclear" naquela sala, pois os "Indesejados" dos trabalhos de grupo da turma, ainda não tinham grupo, e o nosso não estava completo.

A autoridade, representada naquele momento pela figura imponente e gigante da stora de Filo, mandou-nos resolver o assunto no intervalo. E que alguém lhe fosse entregar os grupos na próxima aula dela.

Intervalo:
Os interessados reúnem-se cá fora. Discussões colossais sobre o "Indesejado …