O Eça de Queirós era um tipo engraçado#1 "O desabafo da Batata - Batata governa o Mundo"

Escrevi eu o meu último post há umas horas, quando, para não ir estudar, fui ler Os Maias, qual ser aplicado nas lides escolares, que precisa de estar informado sobre tal livro.

O pior e que estava com um briol do caneco e decidi equipar-me: Fui buscar um gorro bem quente que decidi puxar até ao pescoço; um cachecol, dando a maior quantidade de voltas ao pescoço que consegui, de forma a ficar bem quentinha; vesti o meu companheiro robe, apertando-o contra a barriga o mais que pude e, para rematar, umas luvinhas.
Sentei-me em frente à minha placa de aquecimento, no meu sofázinho do quarto, com o meu candeeiro de pé do IKEA (facto relevante) para dar inicio à minha sessãozinha de leitura.

Há que reparar que, pelo facto de eu ser um tubérculo sem qualquer valores morais, necessito afirmar, que, apesar de não ter raízes, tenho um robe, uma placa de aquecimento, um sofázinho e um candeeiro de pé, imagine-se, do IKEA!! ah! e uma sessão de leitura!! ah pois!
Vá-se lá saber porquê, mas estes itens talvez sejam necessários numa vida subterrânea, portanto, quando se estiverem a deliciar a comer umas belas batatinhas, façam o favor de ver antes o valor energético e calórico de cada uma destas coisas! Não vá estarem a ingerir uma batata altamente calórica e que cause obesidade mórbida, por possuir, por exemplo, uma sessão de leitura altamente recheada!

Tenham cuidado com bibliotecas que possuam o "Eu, Carolina" ou o livro do Cristiano Ronaldo, por perigo de flatulência aguda. Um dia, hão-de inventar batatas light, e aí é que eu vou arregalar os olhos com os Batatões musculados e enjoar com as Batatas escanzeladas que aí virão. Em cada dieta, será incluída a batata e governaremos o Mundo das Dietas e das Não-Dietas e das Sopas.

Riso Maléfico.

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Words don’t come easily

A minha pachacha caiu dentro da sanita. E não o fez com glamour.

(Tentando) Crescer e aprender.